terça-feira, 24 de maio de 2011

'E volta o cão arrependido..

.. com suas orelhas tão fartas, o seu osso roído e o rabo entre as patas.’

O sonho Europeu chegou ao fim. Foram 6 meses em terras portuguesas em que buscamos a qualidade de vida inexistente no Brasil.

Saímos daqui (Brasil) em novembro/2010, desiludidos com nossos empregos e salários, com a saúde, a segurança, a educação, a política, o trânsito caótico e buscamos conforto no outro lado do Oceano Atlântico, onde a promessa de um futuro melhor era certa.

Mas, infelizmente, nem tudo na vida corre como o planejado. Saímos do Brasil com a promessa de um emprego garantido, de um salário excelente, de condições que, na situação em que nos encontrávamos, era quase impossível, era um sonho inatingível se permanecêssemos em nossa ‘pátria amada e idolatrada. ’

Resolvemos arriscar porque pensávamos que tínhamos pouco a perder, o que foi um imenso engano. Em Portugal, encontramos um país pronto para ir à bancarrota, mergulhado em uma grande crise econômica, onde muitas pessoas estão perdendo o emprego, a casa, a segurança, a esperança.

Vimos pessoas perdendo emprego da noite pro dia, empresas decretando falência e deixando seus ex-funcionários sem os seus direitos, casas sendo leiloadas, o índice de criminalidade ir às alturas, os impostos subirem, os benefícios serem cortados, os preços aumentarem, pessoas pedindo dinheiro nas esquinas...

Além de um país em crise, lidamos com pessoas que pensávamos ser de confiança, mas que nos enganaram, nos roubaram, nos ludibriaram com falsas promessas. Teoricamente nós tínhamos emprego garantido e a situação iria melhorar em pouco mais de um mês, mas, na verdade, o emprego era uma farsa. A intenção era somente sugar nosso dinheiro e nos deixar em ‘banho Maria’, esperando o emprego que nunca viria. Pagávamos mais contas do que devíamos, ouvíamos desaforos, éramos desrespeitados por pessoas da própria família, o que me faz pensar o que eles são capazes de fazer com pessoas que nem laços de sangue possuem com eles. Os tios do meu marido foram safados, mentirosos, filhos de uma boa puta e tantas outras denominações pejorativas, que destruíram nossos sonhos e se aproveitaram da nossa confiança. Lembrar disso me dá uma raiva!!! ARGH! _|_

Eu só sinto pena de pessoas assim porque eles não são e nem nunca serão felizes como nós somos. Eu posso não ter a melhor casa, o melhor emprego ou as melhores condições de vida, mas nada nesse mundo paga o sorriso do meu rosto, a felicidade de estar perto daqueles que eu amo. Eles não têm isso e nunca saberão o prazer que é desfrutar desse sentimento tão bom.

E no fim de tudo, lá nós não fomos felizes. Não tínhamos amigos e nem família (mas não posso ser injusta com as minhas cunhadas, essas valem ouro e nos ajudaram muito em tudo que precisamos e eu devo bastante a elas). Éramos vazios. Faltava sempre alguma coisa. Sabíamos que iríamos sentir falta de todos no Brasil, mas não pensávamos que ficaríamos sem amigos lá. Mas o povo não é receptivo e infelizmente as amizades não vieram.

Como diz a famosa propaganda ‘há coisa que o dinheiro não compra’ e isso não há como negar. Agora, estamos de volta. Um pouco tristes, verdade, porque pensávamos que tudo seria muito diferente. O sonho de ter uma qualidade de vida real se perdeu, mas agora nós temos por perto todos aqueles que amamos e isso nos dá muita força para continuar.

Acho que no fundo foi isso que desencadeou todos os meus ataques à comida. Eu pensava todos os dias em voltar, em fugir daquilo que me fazia muito infeliz. Eu não podia comentar nada sobre isso porque eu não sei se o tio e a tia dele (é, se vocês lêem meu blog, são vocês mesmos, seus babacas infelizes) têm acesso ao blog e não queríamos que eles soubessem que estávamos voltando ao Brasil para que eles não atrapalhassem nosso regresso (o que era muito possível). Agora eu estou na minha zona de conforto, no meu país, estou onde realmente está minha felicidade! Então, só pra constar: Ei, vocês, vão tomar no meio do olho do cú de vocês, ok? Grata. AHUIAHIOHAIAHOUI

Preciso consertar o estrago que fiz nessa última semana e que continuo fazendo! Comi muito, de gulosa, de ansiosa, de todos os motivos que eu encontrei. Comi para esquecer, para fazer o tempo correr e chegar logo o tão esperado dia de finalmente voltar para casa.

Agora eu posso voltar a sorrir! Que seja muito bem vinda minha nova vida velha!

Peço desculpas pelo excesso de palavrões usados pela minha pessoa, mas eu precisava extravasar! HAHAHAHA

Beijinhos!

Obs.: Ainda estou sem internet porque tentamos contratar a GVT mas na minha rua não tem mais pontos então teremos que apelar pra Velox ou algo assim. Espero estar de volta em muito breve porque me sinto ausente do mundo sem internet! hahahaha Volto assim que puder! Ando tentando voltar pra R.A. mas sempre me estrago no almoço! HAUIAOHHAUIA No próximo post eu conto minha peripércia no meu último dia em terras lusitanas! hahaha

7 comentários:

  1. seja muito bem vinda de volta, e torço para que as coisas se ajeitem pra vocês em breve! pode xingar bastante, assim parece que a gente fica aliviada né? rsrsrs eu tb adoro fazer isso qdo estou p... da vida com alguma coisa!
    Td de bom pra vc, e que logo volte a ficar conosco aqui, vc faz falta!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que legal linda achava tbm muito triste vc não ter ninguem vc estava entrando em depressão, só tinha seu marido, logo as coisas se ajeitam vc é da onde? é eu sou de são paulo zona leste é nois na fita mano!!
    Vc tem cara de carioca.
    Bjs não nos abandona mais onde vc mora não vira internet via radio.

    ResponderExcluir
  3. Amiga... que babado forte!!!! Estou feliz por vc.... seja muito bem vinda em terras verde e amarela!! Vc mora onde agora??

    Tenho certeza que logo que a vida de vcs entrar nos eixos tudo voltará ao normal... vc vai trabalhar, seu marido tb e logo estará motivada a voltar para sua RA!!!

    Que vcs sejam muito felizes aqui.... e que os tios do seu marido recebam em dobro todo o mal que fez a vcs.... bj grade!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa menina, que aventura! Pelo menos vocês conseguiram voltar, pelo que pude entender. Espero que tudo melhore e que surjam boas oportunidades pra vocês daqui por diante. muita Sorte, viu?

    ResponderExcluir
  5. Oiii .. bem vinda de volta! Realmente, não tem coisa melhor do que o nosso lar.
    Coisas que ouvi de Portugal realmente nao é diferente que vc disse. Meu namorado falou que la, vc vê mais casas fechadas do que com morador, o povo esta realmente abandonando o pais. Disse tambem que o salario é uma bela merda (dsclpa)..rs Que uma medica, por exemplo, ganha uma merreca, uma salario minimo ou um pouco mais.. Eu nao acreditei! Nós escutamos EUROPA e imaginamos tudo de mais sofisticado, né!?
    Qnto aos quilinhos a mais, to contigo!rs Engordei qse tudo que perdi! :(
    Estou em uma ansiedade louca..

    bjos e boas vindas

    ResponderExcluir
  6. Seja bem vinda de volta Taís. Sinto muito por tudo de ruim que aconteceu lá, mas Deus sabe o que faz. Fica bem. Bjks!!!!

    ResponderExcluir
  7. Gata!

    também morei um ano em londres. um belo dia, puta de ser a brazilian girl do terceiro setor e mais operária do que jamé na minha vida eu tbm dei um _/_ (TORTO AHAHAHA) pro reino unido e fui ser princesa da minha vida, viagei loucamente, itália, paris, escócia, espanha, fiz mochilão e ajuntei esse tesouro que nãoa acaba nunca, bons momentos, boas memórias. mas exterior de novo só pra passeio.

    beijos e feliz por vc estar de volta!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...