quarta-feira, 22 de junho de 2011

Preciso de Rumo



Não sei porque desde que eu me mudei para Portugal, no final do ano passado, eu perdi o foco das coisas que eu realmente quero pra mim.

Meu primeiro objetivo, com a criação deste blog, era conseguir fazer uma alimentação saudável, resistindo às tentações e me mantendo feliz com o que eu vejo no espelho. Apesar ter tentado e conseguido várias vezes eu acho que nunca me senti realmente motivada, sabe?! Me manter abaixo dos 49 kg sempre foi meu objetivo, até quando eu não fazia (e nem pensava) em dieta. Quando eu decidi emagrecer em setembro do ano passado, eu sentia dentro de mim que eu era mais forte que qualquer tentação e consegui chegar ao peso que queria, mas a mudança de país foi o estopim pra perder meu foco e comer todas as bobagens do mundo.

Nem preciso dizer que comi aos montes hoje, né?! Eu não me sinto exatamente arrependida de ter comido, mas me sinto triste porque eu não estou indo com vontade ao meu objetivo, não estou me focando como antes e eu fico procurando essa vontade que eu tinha antigamente de resistir a tudo que não era saudável.

Outro ponto na minha vida é o estudo. Aqui no Brasil, grande parte das pessoas procura estabilidade no concurso público e eu não estou fora disso, mas apesar do meu tempo 100% livre, eu não consigo me concentrar e estudar direito. Minha memória anda ruim demais. Esqueço até do que comi no almoço, imagina lembrar de coisas que li em um livro? Não sei porque eu estou assim, mas isso já vem ocorrendo há um tempo, a anos, na verdade. Sempre brinquei com a minha mãe que estava ficando esquecida, que precisava ir ao médico, mas nunca fui e agora que não tenho plano de saúde eu quero urgentemente entender várias coisas que se passam em meu organismo. Estou tentando resolver o plano de saúde, mas as coisas não são muito simples, infelizmente.

Às vezes eu simplesmente tenho medo de chegar aos 50 anos e perceber que não terminei nada do que comecei. Fazer uma faculdade e não conseguir emprego na área é frustrante, não conseguir estudar para concursos é frustrante, não conseguir me manter no peso que desejo é frustrante e por aí vai.

Eu sinto um vazio aqui dentro, como se o meu 'eu interior' esperasse que eu tomasse uma atitude de verdade, mas essa atitude nunca vem. Não gosto de me sentir assim e não sei o que fazer para reverter isso.

Eu nunca fui uma pessoa triste, desanimada com a vida, mas de uns tempos pra cá nada tem ocorrido como eu sonhei ou planejei e não ter controle sobre as coisas da minha vida me deixa irritada. Eu sou metódica, organizada e não conseguir dar um rumo a minha vida me deixa desnorteada. Eu estou fora do controle.

Talvez isso seja porque o tempo passou e eu ainda não sei lidar com isso. Conseguir manter meus objetivos, prazos e metas cumpridos era mais fácil quando não havia a pressão do emprego, da casa, do casamento, da idade aumentando e das responsabilidades e pressões que acompanham isso tudo.

Acho que eu ainda não sei lidar com o amadurecimento. Acho não, tenho certeza. Amadurecer e virar um adulto completo é difícil e eu ainda me sinto com 17 anos. 

Preciso pensar na vida e no que eu quero fazer antes que o tempo simplesmente passe e eu só acorde quando não tiver tempo para fazer as coisas que sonhei. Ainda não sei onde achar determinação pra isso e nem por onde começar. Talvez escrever essas coisas seja um começo, quem sabe?

Que venha o Projeto Eu 2011.

'The path that I'm walking, I must go alone
I must take the baby steps til I'm full grown,full grown
Fairy tales don't always have a happy ending do they
And I forseek the dark ahead if I stay..'

Beijo.

5 comentários:

  1. Amiga, isso que vfc está passando é completamente normal. quando eu voltei de londres fiquei desse jeito também, e além disso eu estava super descontrolada e engordei horrores. pelo ou menos vc está mantendo o peso né!

    e olha só: tomar a decisão de anotar tudo o que como me ajudou demais a me conhecer. às vezes era foda anotar meus ataques de compulsão, enquanto anotava eu pensava, credo pq fiz isso, que coisa feia!

    enfim é uma fase e vai passar, talvez tenha a ver com a astrologia rsrs, beijão.

    ResponderExcluir
  2. Olá querida,

    Acabo de conhecer teu blog e adorei! estou na mesma meta que você: a perca de peso definitiva...
    Criei um blog para me ajudar nessa meta, estarei sempre visitando voce por aqui
    beijinhos

    http://meuemagrecimentoreal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Botar pra fora o que nos incomoda ajuda muito, sem sombra de duvida. Acalme-se que aos poucos você consegue estabelecer um ritmo de estudos.

    ResponderExcluir
  4. Oii! Acho que todo mundo tem que passar por um momento "confusão" na vida para conseguir se "encontrar" novamente; Não vou te dizer que foi sempre facil me concentrar e estudar 6 a 8 hs por dia, que largar meu emprego que amava p poder estudar foi facil... mas eu tenho ctza de que tudo isso vai valer a pena; Um dica: quem sabe tu não começa um trabalho voluntário??? Nem que seja 1 x na semana ( e não vem me dizer que não sabe fazer nada, tu pode ler livro p crianças no hospital, conversar com velhinhos...) as vezes essa falta de rotina nos atrapalha. Ano passado fiquei sem trabalhar APENAS p estudar e adivinha??? Não estudei, me deprimi e ainda engordei 11 kilos! Só quando voltei a ter um rotina consegui voltar a me determinar. Precisamos nos sentir uteis!! Se quiser conversar me add no msn anevidor@hotmail.com
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Thaís!
    Desabafar realmente ajuda, mas não vale enlouquecer por causa dos problemas. Objetivos tem que ser possíveis, então não faça planos grandes demais, porque a decepção vai ser ainda maior. Respire fundo e pare um pouco. Frustração é realmente ruim, mas vamos lá... Um dia de cada vez e "vamo que vamo"! (;
    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...