sábado, 4 de junho de 2011

Saudosismo Exacerbado

Eu não sei por que, mas ultimamente eu tenho sentido muitas saudades da minha adolescência. Não que eu não tenha aproveitado muito, mas eu me pego muitas vezes relembrando muitas coisas que fazia e que não faço mais e meu coração fica super apertado, cheio de saudades daquela época.

Sinto saudades dos amigos que eu fazia num piscar de olhos, dos encontros da internet que eu participava aqui na minha cidade (sim, um pouco nerd, mas quem entrava no mIRC sabe o quanto era divertido esse bate-papo, fiz amigos pra vida toda por lá), da época de escola, onde minha preocupação era somente estudar e ficar de olho naquele cara mais gato da escola. Cada semana era uma paixão diferente, eram borboletas voando na barriga, era ficar derretida só com um ‘oi’. Eu fico olhando os estudantes nas portas das escolas, com mochilas e cadernos e tenho uma vontade louca de entrar na aula com eles, de reaprender tudo que eu deixei pra trás, de finalmente entender física e matemática e não dormir durante toda a aula.

Tudo naquela época era extremo. As amizades, as paixões, as tristezas, as alegrias. Ir a praia no final de semana era de lei e encontrar com o pessoal depois então, nem se fala. O dinheiro da passagem era contado, cada centavo era essencial para garantir o dia com a galera. Passava o dia todo sem comer, sem beber água e quem disse que isso era problema? O estômago reclamava, mas eu tinha outras coisas mais importantes para me preocupar, como por exemplo, se minhas amigas iam chegar cedo e se aquele garoto ia também.

E pensar nisso me deixa mais angustiada. Eu nunca poderia imaginar que 8 anos depois eu já estaria casada, cuidando da minha casa, tendo contas a pagar, preocupada com emprego, plano de saúde, o preço da carne e do leite. Talvez daqui a alguns anos eu sinta saudades dessa época em que vivo agora, do início da responsabilidade de verdade, de como foi difícil começar e finalmente evoluir na minha vida profissional. Mas, por enquanto, meu coração clama pela minha adolescência de volta, clama pela época mais feliz da minha vida. A gente só acredita que sentirá saudades dessa época depois que ela passa, não basta os pais e conhecidos nos contarem, é preciso passar pela experiência para dar valor a esse tempo cheio de transformações e descobertas.

Tempos que não voltam mais. Ah, saudades!

2 comentários:

  1. Nossa, me contaminou, Thaís! Essa parte do dinheiro contado... kkkkkkkk Mas no final tudo dava tão certo, né!...
    Saudade tbm!
    Bjs! E vamos aproveitar o agora, pois tbm fará falta, com certeza! Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Quem não tem saudades dessa época... hehehe

    Cantinho lindo! Bjooos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...