Eu?




Carioca. Tenho 28 anos (e espero chegar a mais de 100), signo de peixes. Adoro a natureza, animais, praia, sol, calor e tartarugas, uma paixão que me fez ingressar na Biologia Marinha. Atualmente sou Bióloga (Licenciada e Bacharel) e tenho um MBA (pós) em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, uma pós em Administração da Qualidade e trabalho na área da saúde. Já fui professora e já trabalhei em uma empresa de consultoria ambiental.

Morei 6 meses em Portugal (2010/2011) e hoje, de volta a minha terra natal, busco ter uma vida saudável e sempre feliz. Iniciei meu blog por lá porque tinha muito tempo livre e comia mais do que devia. Eu, que sai do Brasil com 52 kg, cheguei aos quase 55 kg após um mês por lá. Consegui chegar na casa dos 49 kg várias vezes nesses 6 meses, mas na última semana desatei a comer (como fiz aqui no Brasil antes de partir para Portugal) e o resultado foi que retornei ao Brasil com 54,5 kg.

Com 21 anos eu pesava incríveis 45,5 kg! Sem dietas, sem controle alimentar, nada! Meu metabolismo era parceiro e mesmo que eu me entupisse de Mc Donald's, sorvetes, bolos, balas e qualquer outra porcaria, meu peso permanecia intacto. Até que um belo dia, sabe-se lá porque, comecei a engordar. Fui dos 45,5 kg para 49 kg mas isso não me preocupou, na verdade. Eu ainda era magrinha então continuei firme na minha 'Dieta do Palhaço' e fui ganhando peso ao longo dos anos. Comecei a minha reeducação alimentar no ano de 2010, ao voltar de uma viagem pela Europa e engordar 5 kgs em 1 mês. Cheguei aos 65 kg com 1,59 m de altura, o que me fez acordar.

Iniciei minha R.A. no dia 30/09/2010 e consegui seguir firme até chegar aos lindos 48,8 kg no dia 15/11/2010. Em 2 meses e meio de muito exercício físico (eu corria TODOS OS DIAS 8 km em 50 mins e caminhava 2 km ou mais no primeiro mês, depois passei a correr 16 km em 1h 45 mins, também todos os dias) e muito controle alimentar eu consegui perder 16,2 kg e então abandonei minha R.A. por completo. Foi minha última semana no Brasil e eu fiz um Roteiro Gastronômico, indo a todos os restaurantes possíveis que eu sabia que não existiam em Portugal. Resultado? Engordei 3,2 kg em uma semana.

Agora eu sou uma mulher sanfona. Vou e volto no emagrecimento, desanimo às vezes, mas não tenho mais aquela obsessão por emagrecimento. Vivo bem com meu corpo, mas quero sempre melhorar. Meu objetivo agora é ganhar massa muscular a qualquer custo, independente do peso na balança. Não tenho mais meus ataques de compulsão, que me assombravam quando eu dava uma escapulida. Meu lema era "Se não há nada para fazer, vamos comer!". Na época em que comecei a guerra contra a balança, meu maior inimigo era o tédio e procurava me ocupar o dia todo, mesmo que fosse só para dar uma volta e olhar as vitrines das lojas. Fiquei muito tempo perdida, sem conseguir me reencontrar no mundo da R.A. porque aquela garra e vontade que eu tive na primeira vez nunca mais foi a mesma. Já quis retornar aos 50 kg e até mesmo aos 49 kg, mas depois de um tempo descobri que não era bem isso que me faria feliz. Hoje em dia, quero ter uma saúde boa e um corpão. E quem não quer? Hehehe

Hoje, meus dias são tão corridos que mal vejo eles passarem. Acordo às 5h da manhã e só volto pra casa 20:30h, depois de malhar e correr na academia. No final de semana também faço exercícios físicos, principalmente a corrida, que sempre foi uma paixão. Vivo dando escapulidas e me boicotando, principalmente quando o assunto é cerveja. Já sofri muito pra resistir a porcarias, mas, atualmente, o que me tira do sério é a cervejinha do final de semana. Passo longe de fast foods e afins sem maiores esforços, mas gosto de um prato de comida bem servido e uma gelada com as amigas.

Depois que retornei ao Brasil em 2011, as coisas ficaram mais calmas e não tive mais vontade de comer toda hora, e minha alimentação, na maioria das refeições, é super saudável. O acompanhamento nutricional é tudo na minha vida.

Agora meu foco é ficar sarada, nos músculos e na saúde. Vamboraaaa!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...